“Papá, aiúta! Não ico.”

Tradução: “Papá, ajuda-me! Não consigo.”

Foi assim que, esta manhã, o Jorge, de mangueira na mão, interrompeu o meu habitual sábado com as mãos na terra. Hoje, mais virado para o jardim.

Ouvido isto, o pai tem que tomar uma decisão difícil: ajudar ou não ajudar. Se não ajudar, o miúdo fica triste, começa num berreiro, tenho que chamar a mãe que está a fazer a sopa para a Amélia e é um Deus nos acude. Se ajudar, o Jorge vai ficar satisfeito da vida, como está frio está sujeito a apanhar uma grande constipação, fica todo molhado, começa num berreiro, tenho que chamar a mãe que está a fazer a sopa para a Amélia e é um Deus nos acude.

Irresponsavelmente, optei por ajudar. Eu sabia que não poderia correr bem!

O Ryder acabou dentro de água, apanhou uma grande pneumonia e está de cama… a ver se seca.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s