nem veio a lambreta

zambujo

Há poucos meses, numa daquelas viagens relâmpago a Lisboa, dei por mim à procura, na internet, de um qualquer concerto do António Zambujo que estivesse a acontecer, preferencialmente, nas imediações da capital.

Gosto do Zambujo e tenho todos os discos dele, ou aquilo que hoje os substitui. Tudo comprado. Nada sacado. Conheço todo o seu repertório. Não sei de cor todas as letras (a memória está cada vez mais seletiva), mas vou trauteando a generalidade das melodias.

Nessa pesquisa online, verifiquei que o músico iria dar um espetáculo, num recinto fechado, em Castelo Branco, mesmo na véspera no meu regresso à ilha. Ponderei deslocar-me àquela cidade, que não conheço, e simulei, numa daquelas aplicações móveis, o tempo que levaria a lá chegar. Muito tempo. Recorri então à CP. Aí, o regresso teria que ser efetuado no dia seguinte e quase diretamente para o aeroporto. Refleti um pouco. “O homem vai estar nas Festas da Praia este ano. Hei de vê-lo lá!”

Ontem à noite, quando assistia ao concerto no parque de diversões, porque mais parecia uma feira do que um recinto de espetáculos sério, pensei nessa minha decisão. “Porque raio fui comodista e não despendi aquelas horas de carro para ir a Castelo Branco?!”

Deixo uma sugestão ao executivo camarário ainda em funções. Tragam o Zambujo, o mais rapidamente possível, ao Auditório do Ramo Grande para que todos possamos apagar da nossa memória o desastre que foi o concerto de ontem. O homem merece ter direito a um espetáculo digno e nós, que gastámos 15€ num bilhete de entrada, também.

A música também se faz de silêncios. Na Praia, só o Auditório tem condições para isso.

One thought on “nem veio a lambreta

  1. Não foi só o barulho. As condições técnicas estavam péssimas e o Zambujo de quem gosto muito e de quem tenho todos os discos (comprados e não sacados) não foi simpático parecia estar a fazer um frete. Que havia barulho havia mas outros como o Camané lá cantaram e não se queixaram… se tinha muita gente é porque o queriam ouvir. Ele sabia que vinha para uma festa popular certo??? E no fim nem se dignou a presentear as pessoas voltando ao palco? Eu também paguei… não fiz barulho e não tive culpa das condições tecnicas… que foram as mesmas para os Mirica Faya??!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s